Edição Avançada

Nos capítulos anteriores aprendeu a desenhar pontos, linhas, e formas (shapes) no JOSM. como abrir os pontos de referência (waypoints) e caminhos (tracks) do seu GPS, e como descarregar, editar, e carregar as suas modificações no OpenStreetMap. Neste capítulo, descreveremos em mais detalhe algumas das características do JOSM, de forma a poder ir para lá das simples ferramentas de edição e ter uma melhor compreensão do software. Note que embora este capítulo não seja extremamente avançado, é um degrau acima dos capítulos anteriores. Se achar que não entendeu plenamente as lições anteriores, talvez queira praticar um pouco mais antes de continuar.

Uma visita ao JOSM

  • JOSM tem muitos elementos diferentes. Já está familiarizado com a janela principal do JOSM - Isto é a janela do mapa, e é onde a maior parte da acção se desenrola. Aqui visualiza, edita, e adiciona dados ao OpenStreetMap.
  • Para a direita da janela do mapa existe uma série de painéis, servindo cada um para uma coisa diferente.Tipicamente, quando instala pela primeira vez o JOSM,vários painéis são mostrados por omissão, tais como “Layers” (camadas), “Properties” (características), e “Selection” (seleção). Quando selecciona um ponto, linha, ou forma, na janela do mapa, isso será mostrado no painel “Selection”. Informação acerca do objecto será mostrada no painel “Properties” (características), e o nome de utilizador do autor desse objecto será mostrado no painel “Authors” (autores).
  • Do lado esquerdo do JOSM, existem várias barras de ferramentas, que apresentam muitos botões. No topo desta barra estão diferentes botões que mudam o que pode fazer com o rato. Já está familiarizado com os dois primeiros, a ferramenta “Select” (selecionar) e a ferramenta “Draw” (desenhar). As outras ferramentas tornam mais fácil fazer “zoom” (aumentar e diminuir o mapa), apagar um objecto, desenhar uma forma (shape), ou criar uma linha paralela a outra linha.
  • Por baixo destas ferramentas existem muitos mais botões. Estes botões controlam o que vê do lado direito do JOSM. Utilizando estes botões pode abrir e fechar as caixas à direita, como por exemplo, características (properties), seleção (selection), e autor (author).

Camadas (Layers) do JOSM

  • Abra o ficheiro do seu GPS e descarregue dados do OpenStreetMap, se ainda não o fez. Repare que quando abre um ficheiro, ou adiciona “Walking Papers”, ou descarrega dados do OpenStreetMap, outro item é adicionado ao painel “Layers” (camadas), no lado direito do JOSM. O seu painel de camadas (Layers) deverá ter o seguinte aspecto::

  • Cada item nesta lista representa uma fonte diferente de dados que pode abrir na sua janela de mapa. No exemplo acima, “Data Layer 2” são os dados do OpenStreetMap que queremos editar. “Markers” (marcadores) são os pontos de referência (waypoints) do GPS, e “30 Juni 2011.gpx” é o caminho (track) do GPS. Finalmente, “Walking Papers” é a camada ( layer) criada quando adicionei o meu “Walking Paper” ao JOSM. Pode adicionar a camada de imagens do Bing,que mostra imagens de satélite, clicando em “Imagery” no menu de topo do JOSM e seleccionando “Bing Sat”.
  • Para esconder uma destas camadas (layers), selecione uma delas com o rato e clique o botão “Show/Hide” (Mostrar/Esconder) que tem o seguinte aspecto:

  • Deverá ver a camada que selecionou desaparecer na janela do mapa. Clique no botão novamente, e ela deverá reaparecer.
  • Pode fechar uma camada selecionando-a e utilizando o botão de apagar (delete):

  • Por último, é importante saber quesó pode editar a camada que é considerada activa pelo JOSM. Se não conseguir editar o mapa que está na janela do mapa, é provavelmente porque não tem a camada correta activa. A maioria das camadas, como a dos pontos GPS, a do “Walking Papers”, e as de imagens de satélite, não podem ser editadas. As únicas camadas que podem ser editadas são as de dados do OpenStreetMap, que são normalmente chamadas de “Data Layer”.
  • Para tornar uma camada activa, selecione-a no painel “Layers” (camadas), e clique no botão “Activate” (activar):

Gravando ficheiros OSM

  • Algumas vezes quando descarrega alguns dados OSM, pode querer guardá-los de forma apoder editá-los “offline” (sem estar ligado à Internet), e depois carregá-los mais tarde quando tiver o acesso à Internet novamente activo.
  • Para gravar um ficheiro OSM, certifique-se que é a camada activa no painel “Layers” (camadas). Clique “File” (ficheiro) no menu do topo, e clique “Save” (guardar), Escolha uma localização para o ficheiro e escolha um nome para ele. Pode também guardar dados clicando no seguinte botão

  • Agora pode fechar o JOSM e os seus dados serão guardados, sem se perderem. Quando quiser abrir o ficheiro novamente, abra simplesmente o JOSM, vá ao menu “File” (ficheiro), e clique “Open” (abrir).

Ferramentas de Desenho Adicionais

  • O JOSM tem algumas ferramentas adicionais para tornar mais fácil desenhar linhas e formas. Estas ferramentas encontram-se no menu “Tools” (ferramentas) no topo do JOSM.

  • De forma a aplicar as funções deste menu, tem de primeiro selecionar um ponto, linha, ou forma na janela do mapa. Algumas das funções mais úteis são descritas de seguida:

  • Split Way (separar via)- Isto permite-lhe dividir uma linha em duas linhas separadas. Isto é útil se quiser adicionar atributos diferentes a diferentes partes da estrada. Para utilizar esta função, selecione um ponto no meio da linha a quebrar, selecione “Split Way” (quebrar via) do menu “Tools” (ferramentas), e a sua linha deverá ser quebrada em duas.
  • Combine Way (combinar via) - Isto faz o oposto do anterior “Split Way”. Para combinar duas linhas numa só, elas têm de partilhar um ponto único. Para utilizar esta função, selecione ambas as linhas que quer combinar. Pode selecionar mais de um objecto pressionando a tecla “SHIFT” no seu teclado e clicando em cada linha. Quando tiver selecionado ambas as linhas, escolha “Combine Way” do menu “Tools” (ferramentas).
  • Reverse Way (inverter via) - Isto mudará a direção da linha. Se a sua linha representa uma estrada que tem um só sentido, pode querer modificar a sua direção. Noutros casos, a direção não importa.
  • Simplify Way (simplificar via) - Se a sua linha tiver demasiados pontos e quiser torná-la mais simples, isto removerá alguns pontos da linha.
  • Align Nodes in Circle (alinhar pontos em círculo)- Se está a tentar fazer uma forma circular, desenhe o círculo o melhor que conseguir e depois selecione esta função. Ela ajudará a colocar os seus pontos num círculo.
  • Align Nodes in Line (alinhar pontos em linha)- Esta função alinhará uma série de pontos numa linha reta.
  • Orthogonalize Shape (ortogonalizar forma) - Esta função é muito útil para desenhar edifícios. Depois de desenhar um edifício, esta função irá ajustá-la de forma a ter cantos retos.

Etiquetas (Tags)

  • Quando desenhar um ponto, linha, ou forma, ela  é criada numa localização, mas sem informação acerca do que é. Por outras palavras, sabemos onde está, mas não o que é. Anteriormente, estivemos a utilizar items do menu “Presets” (pré-configurações) para definir o que é.
  • A forma do OpenStreetMap saber o que é um objecto é pela utilização de etiquetas (tags). Uma etiqueta (tag) é como um rótulo que pode colocar em algo. Por exemplo, se desenhar um quadrado, é só um quadrado. Mas então adiciono múltiplas etiquetas (tags) que descrevem aquilo que é:

  • este quadrado é um edifício (building)
  • o nome do edifício é “Torre dos Clérigos”
  • o edifício tem 16 andares de altura

  • Pode adicionar tantas etiquetas (tags) a um objecto quantas quiser. As “Tags” são guardadas como pares de texto, chamadas as keys (chaves) e values (valores). No OpenStreetMap, as etiquetas (tags) escritas acima seriam na realidade:

  • building = yes
  • name = Torre dos Clérigos
  • building:levels = 16

  • Se selecionar um objecto no JOSM, pode ver todas as etiquetas que estão ligadas a ele no painel “Properties” (características) à direita.

  • Pode adicionar, editar, e apagar estas etiquetas (tags) a partir deste painel. As etiquetas são tradicionalmente em inglês, pelo que é normalmente melhor utilizar o menu “Presets” (pré-configurações) para evitar erros de grafia. Este painel é útil para inserir etiquetas que não estejam no menu “Presets” (pré-configurações) por serem pouco utilizadas ou serem recentes (sendo um sistema aberto, o OpenStreetMap permite ir criando novas etiquetas conforme a comunidade vai achando útil ou pertinente).

Atalhos de Teclado

  • Por vezes pode ser chato clicar repetidamente para selecionar opções diferentes e menus no JOSM. Felizmente existem teclas de atalho no teclado que lhe permitem executar muitas das tarefas comuns de forma mais expedita. Aqui tem uma lista de algumas das teclas de atalho vulgarmente mais utilizadas, juntamente com o que fazem:

  • s - Escolher a ferramenta “Select” (selecionar)
  • a - Escolher a ferramenta “Draw”
  • z - Escolher a ferramenta “Zoom”
    • (mais) - “Zoom In” Aumentar o mapa
    • (menos) - “Zoom Out” Diminuir o mapa
  • p - “Split Way” Quebrar caminho
  • c - “Combine Way” Combinar caminho
  • o - Alinhar em círculo
  • l - Alinhar em linha
  • q - Ortogonalizar (forçar cantos em ângulo reto)

Sumário

Como pode ver existem muitas características adicionais que fazem o JOSM uma ferramenta poderosa para criar mapas. Lembre-se de que quanto mais praticar com estas ferramentas, melhor se irá tornar a adicionar informação ao OpenStreetMap.

No último capítulo iremos nos afastar do JOSM, e dar uma olhada a outros projectos interessantes que utilizam dados do OpenStreetMap, e aprender como podemos continuar a aprender acerca do OSM.

CC0
Official HOT OSM learning materials